quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Vantangens ao Utilizar o Aquecedor de Água



A cultura brasileira é de utilizar chuveiro elétrico para aquecer a água do banho, uma realidade única comparada com o resto do mundo. Quando se faz a análise da eficiência energética da conversão da eletricidade em calor num chuveiro (elétrico) o valor é da ordem de 95%. Porém a incoerência é utilizar um tipo de energia tão nobre para a produção de calor. 

Outro fator contra o uso deste tipo de aquecimento de água é a sua contribuição para o aumento da demanda de energia no horário de pico, período conhecido como peak shaving (3 horas entre as 17 h e 21 h), onde o custo da energia elétrica é a mais cara e onde se define qual a capacidade que o sistema tem que ter. Existem aqui três obstáculos para se fazer uma mudança cultural: 1) o preço de um aquecedor a gás ou do aquecimento solar é muito superior ao preço de um chuveiro elétrico; 2) o uso de aquecedor a gás, no caso do fornecimento ser feito com botijão de GLP P13, provocará a troca semanal ao invés de mensal; 3) as instalações prediais não estão preparadas para um tipo de aquecimento solar ou a gás, ou seja, a condição principal para implantar estes sistemas é a existência de tubulação dupla (água fria e quente), sem isto a mudança exigirá uma reforma na parte hidráulica.

Uma característica cultural interessante ocorre no Rio de Janeiro: cerca de 50% dos clientes residenciais da CEG na cidade do Rio tem aquecedores a gás, mesmo em uma cidade com uma média de temperaturas altas. Lá o aquecedor é visto como status. Já na cidade de São Paulo, nos clientes da Comgás, esta proporção é de 25% caminhando com muito esforço para os 30%. 

No consumo mensal de metros cúbicos quando comparamos a média gasta por clientes que tem somente fogões estamos falando em um consumo de8 a12 m3e aqueles que também possuem aquecedor a gás este consumo é triplicado. Lembrando que para o negócio gás natural o mercado residencial é o que proporciona as maiores margens para as distribuidoras.

Instruções de uso para aquecedor com 3 botões




Antes de utilizar o aquecedor verifique se:


  • O registro da água que alimenta o aquecedor está aberto;
  • O registro de gás está aberto;
  • O posicionamento das pilhas está correto.

Regulagem através dos botões de volume de gás e água:
Conforme a estação ou necessidade de aquecimento, regular o botão central “inverno/ verão”, desta forma é possível alterar o número de queimadores que estarão sendo acionados.

Através do botão de volume de gás, é possível regular a altura da chama. Girando para a direita a chama aumentará, portanto a água atingirá maior temperatura, girando o botão para esquerda a temperatura da água diminuirá.

Para economizar gás recomenda-se alterar essa regulagem no inverno e no verão.

Através do botão de volume de água, também pode-se obter maior ou menor temperatura, pois é possível alterar a quantidade de água que circula pelo aparelho. Girando o botão para o lado direito você diminuirá a passagem de água, portanto aumentará a temperatura, girando para o lado esquerdo você aumentará a passagem de água, diminuindo sua temperatura.

Nos casos de baixa pressão de água disponível, girar o botão de volume de água de forma a aumentar a passagem de água, assim o aquecedor terá uma melhor ignição, e oferecerá uma melhor condição de mistura.

Quando for utilizar o aquecedor proceder da seguinte forma:
Abrir primeiro a água quente, assim o fluxo da água acionará o aquecedor automaticamente, depois aguarde até que a temperatura se estabilize, o tempo para estabilizar a temperatura vai depender da distância entre o aquecedor e local em que se quer utilizar a água quente.

Depois, abrir lentamente a água fria e realizar a mistura.

Ao se fechar a água quente o aquecedor desligará automaticamente.


Observações:
Sempre aguardar 10 a 20 segundos entre uma tentativa de acendimento e outra tentativa.
logo depois da instalação do aquecedor, ou após um longo período sem uso, repetir o procedimento de acendimento até que o ar dentro dos tubos seja expelido por completo.





Os preços de ar condicionado estão caindo

Passamos por dias super quentes, todos do Brasil puderam perceber. Aqui no Rio, em particular, vi e senti na pele o que é um dia quente de verdade. Os termômetros chegaram a marcar, acredite se quiser, 50°C, isso mesmo que você leu, repito, 50°C. Isso aconteceu na Rua da Alfândega, onde fica um centro comercial chamado Saara (parecido com a 25 de março em São Paulo), que por sinal estava mais quente que no deserto do Saara.

Isso não foi  só no Rio de Janeiro aconteceu em todo Brasil, e como rege a lei da oferta e procura o preço do ar condicionado foi parar nas alturas. Muitas lojas ficaram sem aparelhos para vender. Diferente de outras épocas o período de tempo com dias  de muito calor durou mais que o esperado, na verdade não era de se imaginar o calor que fez de outubro de 2010 a fevereiro de 2011.
Então vamos à prática. Pegamos 4 empresas que vendem ar condicionado na internet e fizemos uma pequena pesquisa. Entre as empresas estão a Submarino.com, PontoFrio.com, CompraFácil.com e Americanas.com.

Na Amerinas.com não encontrei venda de ar condicionado split, apenas vi aparelhos de ar condicionado de janela, será que acabou por causa do dias de calor?
No PontoFrio.com vi a oferta de um ar condicionado split Consul de 7.000 BTUs de R$999,00 por R$699,00, uma queda expressiva de  30%.

O Submarino.com esta oferecendo uma oferta no ar condicionado split Samsung  Max de 12.000 BTUs, onde o preço foi de R$1.299,00 para R$899,00, uma queda de 31%.
No CompraFacil.com tem promoção no ar condicionado split High Wall Atlas York de 7000 BTUs com preço de R$799,90 por R$599,90, uma queda de 25%.

O resultado é que podemos constatar uma queda no preço de 28% na média. Então aproveite porque essa pode ser é a melhor hora para comprar o seu ar condicionado, antes que venha uma nova onda de calor.